Figuras de Linguagem

Figuras de linguagem, também chamadas de figuras de estilo ou figuras de retórica, são recursos na comunicação que realçam e dão maior expressividade ao o que se quer comunicar. Podemos classificá-las em figuras de palavras, figuras de construção, figuras sonoras.


Figuras de palavras
também chamadas de figuras semânticas



Metáfora

Definição: é o emprego de uma palavra ou expressão com o significado diferente do habitual por estabelecer uma relação de semelhança entre dois seres ou fatos.

Exemplo: Ele é uma fera. (pessoa muito brava)


Comparação ou Símile

Definição: compara seres ou coisas para alcançar um efeito expressivo.

Exemplo: Ele é como uma fera. (pessoa muito brava)



Diferença entre: Metáfora X Comparação

A metáfora e a comparação trazem uma relação de semelhança/comparação. Vejamos as diferenças:

Metáfora Comparação
relação de comparação implícita relação de comparação explícita
não usa conectivo comparativo usa conectivo comparativo
Ele é uma fera. Ele é como uma fera

Exemplos de conectivos comparativos: tal qual, como, assim como, tanto quanto...



Metonímia

Definição: uso de uma palavra pela outra, em que as duas tem alguma relação de contiguidade ou proximidade entre si.

Exemplos:
Bebi o copo todo. (o que bebi foi o que estava dentro do copo )
Passei a tarde lendo Machado de Assis. (o que li foi a obra do autor Machado de Assis)


Catacrese

Definição: é um tipo de metáfora de tanto ser usada, se tornou uma expressão comum e deixamos de perceber o seu sentido metafórico.

Exemplos: dentes de alho, embarcar no ônibus, asa da xícara, maçã do rosto, boca da garrafa, pé da mesa, braço da cadeira


Perífrase ou Antonomásia

Definição: é a expressão que identifica algum ser por seu atributo mais marcante ou pelo qual é mais conhecido.

Exemplo:
O rei dos animais atacou o homem. (rei dos animais= leão)
O país do futebol tem 200 milhões de habitantes (país do futebol = Brasil)
O pai da genética era monge. (pai da genética = Gregor Mendel)

Obs: A Antonomásia se refere à pessoa, já a perífrase se refere aos seres em geral.


Sinestesia

Definição: expressa uma mescla de sensações.

Exemplo: Gosto de sua voz doce. (audição e paladar)


Hipérbole

Definição: expressa exagero

Exemplos: estou morrendo de sede.


Eufemismo

Definição: tem intenção de suavizar que o se quer expressar

Exemplos:
Ele faltou com a verdade. (ao invés de dizer que ele mentiu)
Partiu dessa para uma melhor. (ao invés de dizer que morreu)


Prosopopeia ou personificação ou animização

Definição: dar vida a seres inanimados ou irracionais como se agissem como uma pessoa.

Exemplos:
As ondas do mar acariciavam a areia da praia.
O rio corria de forma vagarosa.


Ironia

Definição: expressar algo contrário do que realmente pensamos

Exemplos:
João é ótimo, acabou de quebrar a minha caneta.
“A excelente dona Inácia era mestra na arte de judiar de crianças”. (Monteiro Lobato)


Antítese

Definição: expressa palavras opostas

Exemplos: O riso e o choro fazem parte da vida.


Paradoxo ou Oxímoro

Definição: expressa contradição, algo que vai contra a lógica ou o senso comum.

Exemplos: "Mas que seja infinito enquanto dure" (Vinícius de Moraes)


Gradação

Definição: usar uma sequência de ideias de forma ascendente ou descendente

Exemplos:
Ele gostou, se apaixonou, casou. (gradação ascendente ou clímax)
Na corrida, o aluno disparou, caminhou e parou. (gradação descendente ou anticlímax)


Apóstrofe

Definição: invocar ou chamar uma pessoa, seja real ou imaginária.

Exemplos:
Senhora, você esqueceu o troco!
Pedro, venha já aqui.
Ó Senhor, me ajude!



Figuras de Sintaxe
também chamadas de figuras semânticas



Elipse

Definição: omissão de um termo ou oração, facilmente identificável pelo contexto da frase.

Exemplo: “Na sala, apenas quatro ou cinco convidados” (Machado de Assis). Na frase omite-se o verbo haver (Na sala, há apenas quatro ou cinco convidados).


Zeugma

Definição: é uma elipse mais específica, em que a expressão subentendida já foi mencionada anteriormente.

Exemplos: Eu gosto de cachorro, ela de gato. (verbo gostar está implícito: ela gosta de gato)
“Os corpos se entendem, mas as almas não” (Manuel Bandeira)


Pleonasmo

Definição: uso de palavras redundantes, enfatizando o que se quer expressar.
Exemplos:
“Me sorri um sorriso pontual.” (Chico Buarque)
Vi com meus próprios olhos. (“vi” e “olhos” são redundantes)

Obs: O gramático Domingos Paschoal Cegalla nos lembra muito bem, que o pleonasmo deve visar um bom efeito estilístico. E evitar pleonasmos condenáves, por viciosos, como descer para baixo, entrar para dentro...


Assíndeto

Definição: é a ausência do conectivo coordenativo, resultando na utilização de orações coordenadas assindéticas.

Exemplos: Joga, dribla, toca...


Polissíndeto

Definição: repetição do conectivo coordenativo

Exemplos:
E joga e dribla e toca...
"E sob as ondas ritmadas e sob as nuvens e os ventos e sob as pontes e sob o sarcasmo e sob a gosma e sob o vômito" (Euclides da Cunha)


Inversão

Definição: mudança na ordem normal da oração, para dar destaque em algum termo.

Exemplos: Passarinho, desisti de ter. A ordem normal da frase seria: Desisti de ter passarinho.


Silepse

Definição: ocorre quando a concordância se faz com ideia que se quer passar e não com os termos expressos na oração

Exemplos: " Se acha Ana Maria comprimido, trate-me por Naná." Ciro dos anjos ( comprido concorda com nome - ideia - e não com ana Maria - termos expresso.


Repetição

Definição: repetir palavras ou orações com o objetivo de enfatizar.

Exemplos:
“Tudo, tudo parado: parado e morto” (Mário Palmério)
“Quem segura o porta-estandarte. Tem a arte, tem a arte” (Nação Zumbi - Maracatu Atômico)


Retificação

Definição: retifica uma afirmação anterior

Exemplos: Marcelo, foi bem na prova, ou melhor, foi excelente.


Anacoluto

Definição: Início de frase com uma palavra ou expressão que não integra sintaticamente o restante da frase.

Exemplos:
Matéria acumulada, não quero nem pensar sobre isso.
Menino inteligente, Gustavo resolveu todos os problemas de matemática.



Figuras Sonoras
também chamadas de figuras de harmonia



Onomatopeia

Definição: imitar sons.

Exemplos:
“Trimmmmm” (som do telefone)
“...vestido longo da velhíssima senhora frufrulha no alto da escada”(Carlos Drummond de Andrade)


Aliteração

Definição: repetição ordenada de sons consonantais semelhantes.

Exemplos:
O sabiá não sabia que o sábio sabia que o sabiá não sabia assobiar.
O rato roeu a roupa do rei de Roma.
“Vozes veladas, veludosas vozes,
Volúpias dos violões,...”(Cruz e Sousa, Violões eu choram)